Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

Os plugins são usados ​​para rastrear visitantes em websites. A intenção é exibir anúncios relevantes e atraentes para o usuário individual e, portanto, mais valiosos para editores e anunciantes terceirizados.

Bloquear / Ativar
Facebook Pixel
Recomendado

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Comunicação

12h52

Casas Familiares retomam aulas semipresenciais

Escolas mesclam atividades remotas e presenciais com atenção à segurança dos estudantes

Compartilhe
Tamanho do texto

Depois de cerca de um ano e meio, as salas de aulas das Casas Familiares do Baixo Sul da Bahia voltam a receber estudantes. Isso porque as escolas, que são parceiras da Fundação Norberto Odebrecht na realização do PDCIS, estão readaptando suas atividades: antes inteiramente online devido à pandemia da Covid-19, as aulas agora serão ministradas de forma híbrida, unindo as modalidades presencial e remota. Com o avanço da vacinação contra o coronavírus e uma diminuição no número de infecções, o retorno segue protocolos de segurança e ocorre a partir de diálogos constantes com professores, pais, comunidades e os próprios jovens.

Nas Casas, o ensino se dá por meio da chamada Pedagogia da Alternância. Os estudantes passam uma semana integralmente nas escolas, tendo aulas práticas e teóricas, e duas semanas em suas casas, aplicando os conhecimentos em suas propriedades, junto às famílias. Por causa da pandemia, a semana presencial nas escolas havia se adaptado para o formato online e, agora, volta de forma híbrida. Já a etapa de aprendizado que acontece na casa do jovem, como as visitas de monitores para acompanhamento, havia continuado a ser realizada com o distanciamento social, o uso de máscaras e outros protocolos estabelecidos pelas autoridades locais.

Um menino negro está escrevendo em um caderno usando máscara
Uso de máscaras é uma das ações adotadas para segurança de jovens, pais e professores


Na Casa Familiar Agroflorestal (CFAF), os estudantes já retornaram presencialmente à unidade para a realização das aulas práticas, enquanto os estudos teóricos permanecem remotos. Wendel Caíque, que está no terceiro ano de formação na Casa, diz estar muito feliz com o retorno. “Os estágios estão sendo ótimos.  Aqui podemos aprender um pouco mais de perto o que vemos nas aulas online. Está sendo maravilhoso poder voltar para a escola”, diz. As atividades são realizadas em grupos reduzidos e seguem o distanciamento mínimo de 1 metro entre os presentes, como explica Wendel: “não estamos tendo aglomerações e usamos sempre máscaras e álcool gel”. 

Já na Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I), as aulas teóricas e práticas estão sendo realizadas de forma presencial, mas apenas para 50% dos estudantes de cada uma das turmas, que frequentam a escola em rodízios. Quem não está na escola durante o período segue aprendendo remotamente. Para Francisvaldo Roza, diretor da CFR-I, as adaptações são necessárias para garantir a segurança de jovens, pais e equipe pedagógica. “Pais, professores, todos entendem a importância e a necessidade de voltarmos ao presencial. Por isso, estamos mantendo todos os cuidados, em especial com a turma nova, que estava bastante ansiosa para viver experiências na Casa. Seguimos redobrando os cuidados e procurando, a cada dia, descobrir novas formas de continuar com a nossa missão de educar os jovens”, diz ele.

Fabiana Barreto, assessora pedagógica na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), concorda. “A retomada das aulas no formato semipresencial tem sido um momento de grande alegria, um recomeço de muita esperança. Estamos focados em manter a comunidade escolar atenta e em seguir todos os protocolos de biossegurança, rumo à realização das alternâncias inteiramente presenciais”, comenta. Na escola, as atividades híbridas começaram com um dia presencial, no qual são priorizadas as atividades práticas ao ar livre; e o resto da semana do chamado ‘tempo escola’, quando os jovens ficavam o período integralmente na Casa antes da pandemia, segue acontecendo de forma remota. 
 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2021. Fundação Norberto Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital