Comunicação

16h09

O que é uma fossa séptica?

Sistema garante tratamento de esgoto para propriedades rurais

Compartilhe
Tamanho do texto

Se você vive numa cidade, é provável que o esgoto gerado na sua casa vá diretamente para o sistema geral da sua região e você nunca mais tenha contato com ele. Mas esta não é a realidade para todos os brasileiros. Em locais onde não está disponível o serviço público de esgotamento sanitário, como em muitos municípios da área rural do país, uma solução é a implementação de sistemas conhecidos como fossas sépticas. 

As fossas são sistemas fechados nas quais ocorre o armazenamento de esgotos sanitários. Em alguns casos, elas podem não só armazenar, mas também tratar o esgoto, e então seus efluentes (ou seja, o material de saída) pode ser infiltrado diretamente no solo sem prejuízos à natureza. O uso das fossas tem o potencial de evitar a poluição da terra, das águas superficiais e dos lençóis freáticos, já que ela impede que dejetos sejam despejados em rios e lagos, por exemplo, ou enterrados diretamente no chão. 

Um exemplo de fossa séptica que também trata o esgoto são as Fossas Sépticas Ecológicas, tecnologia inovadora desenvolvida pela Prefeitura Municipal de Caratinga (MG) e implementada pela Organização de Conservação da Terra (OCT) em propriedades rurais beneficiadas pelo PDCIS, programa social da Fundação Norberto Odebrecht. Este sistema é composto por um conjunto de tanques plásticos interligadas por tubos, que costumam ficar abaixo do solo – ao passar por cada uma das caixas, o esgoto vai sendo tratado por meio dos processos de sedimentação e decomposição anaeróbica. 

A imagem mostra uma fossa séptica, composta por tanque azuis conectados por um tubo, no chão de uma propriedade rural. Ao fundo há pessoas em pé usando máscara.
A instalação de fossas sépticas ajuda a aumentar a qualidade de vida no campo



Rogério de Miranda Ribeiro, engenheiro agrônomo da OCT, explica as vantagens das fossas ecológicas. “Ao adequar o esgotamento sanitário domiciliar nas propriedades rurais, o sistema reduz a poluição dos mananciais hídricos, diminui a proliferação de doenças decorrentes da falta de saneamento rural adequado e melhora a qualidade de vida das famílias beneficiadas, conciliando um ambiente saudável com a conservação dos recursos naturais”, comenta.

A OCT é uma organização parceira na realização do programa social da Fundação Norberto Odebrecht, e a instalação das fossas sépticas é parte da atuação do programa em regiões marcadas por vulnerabilidades sociais e degradação ambiental, como o Baixo Sul da Bahia. Em 2021, a utilização deste sistema rendeu à Fundação a premiação como uma das 10 iniciativas mais inovadoras do país na promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.
 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2021. Fundação Norberto Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital